REDES SOCIAIS

@jopa.gram
/jopa.face
/Jopa Tube

O que a BNCC diz sobre educação Integral

Desenvolvimento humano global: essa é a abrangência formativa preconizada pela Base Nacional Comum Curricular. Ao reconhecer que a Educação Básica deve visar ao desenvolvimento completo do estudante em todas as suas dimensões, a BNCC afirma de maneira explícita o seu compromisso com a formação integral

Mas, você sabe qual é o significado de educação integral? Conhece as dimensões formativas do sujeito? Sabe quais são os princípios que norteiam esse conceito? Neste artigo apresentamos a perspectiva da BNCC sobre a formação integral. Siga conosco e descubra um pouco mais sobre essa concepção educativa!

Entendendo a complexidade do sistema educacional do Brasil, a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) surge como um documento de caráter normativo que orienta a formulação dos currículos dos sistemas e das redes escolares do país, assegurando a qualidade da educação e mitigando os desafios da equidade de ensino. Completo e contemporâneo, o documento corresponde às demandas do estudante desta época, rompendo com visões educacionais reducionistas que privilegiam determinadas dimensões formativas em detrimento de outras.  

Os fundamentos pedagógicos da BNCC se pautam em um compromisso com a Educação Integral a partir da compressão das singularidades e diversidades dos sujeitos. A proposta é promover uma educação voltada para o desenvolvimento pleno do aluno em suas diferentes dimensões formativas. 

Assim, a visão plural e multidimensional da criança e do adolescente proposta na BNCC, leva o ideal de formação integral para perto das escolas brasileiras, considerando que a Educação Básica deve estimular o desenvolvimento do estudante na sua totalidade e potencialidade. 

Esse texto está originalmente postado no site da Somos Educação, para continuar a leitura e acompanhar todo o conteúdo na íntegra, clique aqui!

Comments are closed.