google education

REDES SOCIAIS

@jopa.gram
/jopa.face
/Jopa Tube

logo jopa

Tendências para o ensino em 2022

[esse texto foi originalmente publicado no site inicie.educação]

ensino em 2022 virá carregado de uma série de aprendizados ao longo dos últimos anos vividos em condições pandêmicas. As escolas, professores, alunos e familiares aprenderam a fazer a educação de uma forma totalmente diferente, e isso não será perdido nos próximos anos.

Um pouco do que se desenhou devido ao isolamento social deve permanecer em 2022, outras coisas serão adaptadas, e analisar as tendências será fundamental para a preparação. Olhar para comportamentos e necessidades em ascensão no presente ajuda os educadores a compreender o que se mostra para o futuro.

Com isso, é possível investir em uma antecipação do entendimento do que será adotado na sua escola. Você já está de olho nas tendências do ensino em 2022? Já iniciou seu planejamento estratégico para contemplar os principais pontos no próximo ano? Continue a leitura deste artigo e conheça um pouco mais sobre essas tendências.

Principais tendências para o ensino em 2022

As mudanças de comportamento da sociedade dos últimos anos, e em especial com a pandemia, se refletem em todos os âmbitos da vida. Ou seja, não foi só o fazer educacional que se transformou, mas a forma como as pessoas se comunicam, se relacionam, trabalham, se locomovem, se alimentam etc.

Tudo se transformou, e a educação, como base de toda a sociedade, precisa acompanhar essas mudanças. Sendo assim, o ensino em 2022 tende a agregar muitos aprendizados não só da área educacional, mas também da psicologia, da comunicação, da tecnologia entre diversas outras.

A instalação arrebatadora da pandemia nos mostrou que o ensino precisa ser cada vez mais multifacetado e versátil, moldado pelas transformações e novas necessidades da sociedade. Utilizar tecnologia educacional por si só, por exemplo, não é mais um diferencial. E sim fazer com que esse recurso contribua com as transformações da sociedade de forma positiva e agregadora.

Vamos ver a seguir quais as principais tendências que se desenham para o ensino em 2022, separadas por frentes de intersecção.

Tecnologia e educação

O ensino em 2022 estará completamente dominado pelo uso de recursos tecnológicos. A ocorrência da pandemia acelerou o processo de adoção de metodologias como o ensino híbrido, por exemplo, e de cada vez mais tecnologia educacional na rotina escolar.

No entanto, mesmo na ausência da necessidade de isolamento social, essas se mostram como práticas que vieram para ficar e por fazerem sentido na dinâmica das escolas e alunos. Por isso o comentário no início do texto de que não é mais um diferencial apenas contar com esse tipo de tecnologia, e sim o uso que se faz desses recursos.

A tendência em tecnologia e educação para 2022: 

  • manter e reforçar a qualidade do ensino híbrido;
  • focar no conceito de aprendizagem através de dispositivos móveis;
  • melhorar a experiência do aluno com novas tecnologias;
  • Inteligência artificial, realidade aumentada e virtual já se mostram muito eficazes no contexto escolar, e tendem a ser cada vez mais aproveitadas.

Comunicação e educação

Do ponto de vista da comunicação, entendemos que essa área do conhecimento pode gerar muitos insights para a educação. A exemplo do uso de um recurso que trouxe muitos resultados para as empresas durante a pandemia, o inbound marketing.

Não se trata de uma tendência diretamente relacionada ao ensino, mas à atração de novos alunos para manter a engrenagem do seu negócio rodando de forma sustentável. Isso porque esta metodologia tem como objetivo atrair pessoas para se tornarem consumidores de um determinado produto ou serviço através de conteúdo relevante e de relacionamento.

Assim, são produzidos conteúdos para blog, eBooks, vídeos, ações em redes sociais, relacionamento por e-mail, enfim, tudo para conversar com novos possíveis alunos e trazê-los para a sua instituição. Essa é uma tendência importante que interage com o campo da comunicação e que a sua escola deve ficar atenta para não ficar para trás da concorrência que já está implementando.

Além disso, a geração de conteúdos pelos próprios alunos, como a gravação de vídeos e áudios para podcasts, por exemplo, também é uma influência da área da comunicação nas tendências de ensino para 2022. Por isso, aproveite as tendências de tecnologia e todos os recursos disponíveis para também estimular seus alunos nesse protagonismo de criação.

Psicologia e educação

A psicologia é nossa última área de associação com a educação neste conteúdo, e o ponto aqui está em cada vez mais seguir tendências inclusive previstas na BNCC (Base Nacional Comum Curricular). Aspectos como a educação emocional, o autoconhecimento e autocuidado aparecem com muita força nas novas diretrizes educacionais, e se mostraram muito relevantes principalmente a partir do contexto da pandemia.

Assim, será fundamental contar com esses pontos no desenvolvimento do seu planejamento para o ensino em 2022. Crianças e jovens que recebem estímulos para esse tipo de crescimento se tornam adultos muito mais inteligentes emocionalmente, equilibrados e capazes de ter discernimento para a tomada de decisões importantes.

Por isso, nossa dica para a sua organização com os planos do próximo ano é de fugir do pensamento exclusivo em educação. Como vimos, o ensino está conectado a toda a base da nossa sociedade, então, deve seguir a mesma linha de evolução. Se você quiser contar com um apoio especializado de educação e tecnologia, entre em contato com a Inicie e converse com nossos especialistas!

Comments are closed.